O Cantor Das Almas
 
 

CANTA A VOZ DA MADRUGADA;
O SOL JÁ ESTÁ POR NASCER.
LÁ NA MATA A PASSARADA
CANTA ÁVIDA POR VIVER.

DEIXA O RIO DEPOIS DA NOITE
NA VOZ DA CASCATA AMIGA,
NOTA DE CHOROSA HISTÓRIA
LAVANDO O RIO NUMA CANTIGA.

DESCE O MORRO A LAVADEIRA,
PRA BICA DA MINA SE FAVORECER.
COM A POBRE LATA NA CABEÇA
CANTANDO E BUSCANDO O MORRO DESCER.

SUA VOZ NA MANHÃ QUE VAI CHEGANDO
ACORDA AS MANSAS AVES NO PEQUENO NINHO
NO BICO ABERTO RECEBEM A COMIDA
QUE VEM NA BOCA DO PAI PASSARINHO.

CANTA A ROLA, CANTA A POMBA AMIGA,
CANTA O LAVRADOR NA TERRA POR PLANTAR,
CANTA O GALO ANUNCIANDO A MADRUGADA,
CANTA A SIRENE DA FÁBRICA A TRABALHAR.

OS CANTORES DA NOITE VÃO SE RECOLHENDO,
PRA DEPOIS DO SONHO VOLTAREM A CANTAR,
OS ATORES DO PALCO DESTA EXISTÊNCIA
ALÉM DE SORRIREM, NOS FAZEM CANTAR.

OS VALORES DA EXISTÊNCIA, INDA QUE PARCOS,
ANDAM CARECENDO DE LOUVOR-
O CÂNTICO AMENIZA TANTAS DORES
E COLOCA NO TRABALHO MAIS AMOR.

CANTA A MÃE EMBALANDO NO SEU VENTRE
O FILHO QUE, COMO A MANHÃ, IRÁ SURGIR...
CANTA O PAI DEPOIS DO LABOR DO DIA...
EMBALAM A FAMÍLIA DO PORVIR.

O CANTAR É VERBO NOBRE NA GARGANTA,
ATÉ DOS QUE PRECISAM TRABALHAR...
É QUE MUITOS CANTORES NESSA TERRA,
CANTAM PARA OS FILHOS SUSTENTAR.

HÁ CANTOS DE TANTOS TONS, VÁRIOS,
CANTOS NOBRES, CLÁSSICOS E INDA IMATUROS.
CANTANDO CELEBRA-SE O DOM DA VIDA
E SE GARANTE COM ALEGRIA O FUTURO.

OS CANTORES QUE EM TODA A TERRA SEMEIAM
VERSOS NOVOS, BELAS ÉPOCAS EM MELODIAS,
SÃO SERES ARREGIMENTANDO SONHOS,
IRMÃOS SEMEANDO ALEGRIAS.

TODOS CANTAMOS DO NOSSO JEITO,
PRA FESTEJAR A VIDA OU UM PROBLEMA,
QUEM NÃO APRENDEU CANTAR NA HORA TRISTE
FAZ DE CADA DOR MAIS UM DILEMA.

CANTE! EMBORA TEUS LÁBIOS NÃO ANUNCIEM
AQUILO QUE A CANTIGA QUER DIZER
EMBORA TRISTE, MEU AMIGO, CANTE!
E TERÁS A ALEGRIA DE VIVER!

TODOS SOMOS OS CANTORES DA MANHÃ,
E ATÉ NO CORRER DO DIA HÁ SE CANTAR...
É QUE SEMPRE CANTANDO UMA CANTIGA,
MALES D'ALMA HÁ COMO EVITAR.

DE TARDE VOLTAM ÀS CASAS OS CANTORES,
OS QUE CANTARAM ATÉ NA MADRUGADA,
OS QUE CHORARAM E ASSIM APRENDERAM
QUE CANTANDO O CHORO FEZ-SE NADA.

DE NOITE, ENTÃO, CANTAMOS MAIS...
ORANDO E AGRADECENDO PELO DIA,
É QUE TODOS SOMOS OS ARTISTAS
QUE TRABALHANDO ARREMESSAMOS ENERGIA.

SOMOS OS CANTORES CÁ NA TERRA
GUIAMOS MENTES, ACENDEMOS LUZ...
QUANDO CHEGA A NOITE... BEM DE MADRUGADA...
SOMOS VISITADOS POR JESUS!

SE CANTAMOS NOSSO CÂNTICO DE AGORA,
OUTROS CANTARAM NO TEMPO DA SAUDADE...
É QUE O MAIOR CANTOR QUE A TERRA TEVE
FALAVA SÓ DE AMOR À HUMANIDADE.

CANTOU AOS HOMENS CEGOS, SURDOS, COXOS...
CANTOU NO MONTE AOS QUE NÃO TINHAM FÉ...
CANTANDO ENSINOU PRA TANTA GENTE
O NOBRE RABI DA POBRE NAZARÉ.

EIS, ENTÃO, O MAIOR CANTOR....
O ARTISTA DE TODOS OS TEMPOS, ENTÃO...
APRESENTAMOS JESUS PRA TODA A GENTE-
CANTOR POR EXCELÊNCIA DA MULTIDÃO.


 
 

ANTONIETA MARTINS SOARES.

 

Mensagem psicografada por Edevanir Antonio Previdelli em reunião da noite do dia 01 de março de 2.004, nas dependências do Centro Espírita "Oliveira" em Paraíso e por ocasião da apresentação do Coral Espírita "Irmã Sheila" da Associação Espírita "Amigo Germano" de Catanduva-SP.


 

 

|Para desativar a música, clica no pause|

 

 

 

 

© Copyright - 04/12/2007 | Amigo Germano | Associação Beneficente Amigo Germano ®
Todos os direitos reservados.
Rua: Vereador Guido Broglia - Nº. 1183
Fone: (17)  3524 - 6276
Catanduva/SP