Amigo Germano
Associação Beneficente
Home
EspiriTEEN
Institucional
Mensagens
Notícias Importantes
Palestras do Mês
Pensamentos  Frases
Visita Virtual da Casa
 
Cadastro dos Trab.
 
Fale Conosco
 
 
:: Artigos»

________________________________________________________________

 

O Alvo Supremo  

Ó homem, ó meu irmão, tem fé em teu destino, pois ele é grandioso. Nasceste com faculdades incultas, com aspirações ilimitadas, e a eternidade te é dada para desenvolveres umas e satisfazeres outras. Engrandecer-te de vida em vida, esclarecer-te pelo estudo, purificar-te pela dor. Adquirir uma ciência cada vez mais vasta, qualidades sempre mais nobres: eis o que está reservado. Deus fez mais, ainda, em teu benefício: concedeu-te os meios colaboradores em sua obra imensa; de participares na lei do progresso sem limites, abrindo vias novas a teus semelhantes, elevando teus irmãos, atraindo-os a ti, iniciando-os nos esplendores do que é verdadeiro e belo, e nas sublimes harmonias do Universo. O progresso das almas e dos mundos não será a realização dessa obra? Esse trabalho gigantesco, fértil em gozos, não será preferível ao repouso insípido e estéril? Colaborar com Deus! Levar a efeito em tudo e por toda a parte o bem, a justiça! Que poderá haver de maior, de mais digno para teu espírito imortal?!
Ergue, pois teu olhar e abraça as vastas perspectivas de teu futuro infinito! Recolhe desse espetáculo a energia necessária para afrontar os vendavais e as tormentas mundanas. Caminha, valente lutador! Transpõe as escarpas que conduzem às sumidades designadas sob os nomes de virtude, dever, sacrifício! Não te entretenhas pelo caminho de colher florezinhas das moitas, ou a divertir-te com coisas pueris. Avante e sempre avante!
Vês, nos céus esplêndidos, esses astros reluzentes, esses sóis inumeráveis arrastando, em suas evoluções, prodigiosos cortejos brilhantes de planetas? Quantos séculos acumulados não foram precisos para formá-los! Quantos outros séculos não serão necessários para dissolvê-los! Pois bem, dia virá que em que todos esses focos se extinguirão, em que todos esses mundos gigantescos deverão desaparecer para dar lugar a novas esferas, a novas famílias de astros emergindo das profundezas abismais. O que vês hoje não perdurará. O sopro do infinito varrerá para sempre a poeira desses mundos gastos; mas tu, tu viverás sempre, prosseguindo a eterna jornada no seio duma criação renovada incessantemente. Que serão pois para a tua alma purificada, engrandecida, as sombras, os cuidados da época presente? Acidentes efêmeros da viagem não deixarão em nossa memória senão tristes ou doces lembranças. Diante dos horizontes infinitos da imortalidade, os males do presente, as provas suportadas, serão como névoa fugaz no meio dum céu sereno.
Considera, portanto, no seu justo valor as coisas terrenas. Sem dúvida, não deverás desdenhá-las, porque são necessárias ao teu progresso; a tua missão é a de contribuir para o seu aperfeiçoamento, melhorando-te a ti mesmo; mas não prendas exclusivamente nelas a tua alma, e busca antes de tudo os ensinos que em si contiverem. Graças a eles, compreenderás que o alvo da vida não é de gozos ou venturas, mas o aperfeiçoamento por meio do trabalho, do estudo, do cumprimento do dever inerente à alma, personalidade esta que encontrarás além do túmulo, tal como tu mesmo a trabalhaste nesta existência terrestre.

Extraído do livro O porquê da vida – Léon Denis, Cap. VII pg. 39, 22 edição.

 

« Voltar aos Artigos  

 

 
© Copyright - 04/12/2007 | Amigo Germano | Associação Beneficente Amigo Germano ®
Todos os direitos reservados.
Rua: Vereador Guido Broglia - Nº. 1183
Fone: (17)  3524 - 6276
Catanduva/SP